Mostra Gibi do Glauco em Piracicaba Divulgação - publicada em 1. 8. 2012 - atualizada 11h33 A mostra paralela do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, aberta pela Esalq, presta homenagem a cartunista da Folha de S. Paulo e estará aberta à visitação a partir de sexta-feira (03)
Opções
a- / 
a+
Serviço

Comentar

Indicar

Imprimir

Achei um erro

O caderno especial “Gibi do Glauco”, editado pelo jornal Folha de S.Paulo em 2010, se transforma em exposição paralela do 39° Salão Internacional de Humor de Piracicaba. A mostra, abrigada no Museu e Centro de Ciências, Educação e Artes Luiz de Queiroz, revela um mosaico da produção do cartunista Glauco Villas Boas, tragicamente assassinado aos 53 anos no auge de sua produção artística.

A coletânea traz desde o primeiro cartum de Glauco, publicado em 1977, a trabalhos recentes. Há também charges separadas de acordo com os mandatos presidenciais, de Sarney a Lula. A metade final da mostra é dedicada às tiras e aos vários personagens criados por Glauco.

Geraldão, seu neurótico mais famoso, aparece seguido por Geraldinho, Casal Neuras, Dona Marta, Nojinsk, Ozetês, Doy Jorge, Zé do Apocalipse, Edmar Bregman, Módulo Lunático, Vicente Tarente, Zé Malária, Faquinha, Cacique Jaraguá e outros.

Piracicaba teve papel fundamental na carreira do artista. Em 1977, sob a triagem do júri Fortuna, Chico Caruso, Audálio Dantas, Henfil, Borjalo, Jaguar e Carlito Maia, ele foi premiado na quarta edição do Salão, o que o projetou no cenário artístico brasileiro e internacional e o lançou às páginas da Folha de S. Paulo. Ele também foi premiado em 1978 e um ano depois assinou o cartaz da 6ª edição, além de integrar diversas comissões de seleção e premiação do Salão.

A exposição aberta ao público recebe visitação até o dia 22 de agosto.  Para mais informações entre em contato pelo telefone (19) 3429-4305, ou pelo e-mail museulq@esalq.usp.br

Serviço
Agenda
Até 22 de agosto
Horário
Segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h.
Ingresso
Entrada gratuita
Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Comentar
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


Comentar no Guia
Para comentar essa matéria é preciso ser um leitor cadastrado.
PUBLICIDADE - Anuncie aqui.